Notícias

Pressão arterial x saúde do coração

A pressão arterial consiste na força com que o coração bombeia o sangue pelos vasos e ela deve ser forte o bastante para circular o sangue por todo o nosso corpo. Nossos cardiologistas têm algumas dicas e orientações para ajudá-lo a prevenir e controlar a pressão arterial elevada.

Entenda como a pressão arterial deve ser medida

     A medida da pressão arterial é feita com o esfigmomanômetro, comumente chamado de “aparelho de pressão arterial”. Este dispositivo mede a pressão que o sangue gera nas artérias logo após o batimento cardíaco (pressão máxima ou pressão sistólica) e a seguir, a força que o sangue exerce na parede das artérias após o relaxamento do coração (pressão mínima ou pressão diastólica). O ideal é que a medida da pressão arterial feita em repouso seja de 120/80 milímetros de mercúrio (mmHg) ou menos, ou seja, “12 por 8” para baixo. Valores de pressão arterial iguais ou maiores que 140/90 mmHg (14 por 9), em duas ou mais medidas em horários ou dias diferentes, podem ser consideradas como hipertensão arterial.

Como a pressão arterial elevada se manifesta em nosso corpo

     A hipertensão arterial é uma doença crônica, que pode ser controlada mas não curada. Ela está associada com a idade (quanto mais velhos ficamos, maiores as chances de nos tornarmos hipertensos), histórico familiar, hábitos de vida e alimentares. Além disso, ela age de forma silenciosa, com poucos ou nenhum sintoma.  Quando os sintomas estão presentes, os mais frequentes são: dores de cabeça, falta de ar, fadiga e cansaço fácil, alterações visuais (vista “borrada”), zumbido no ouvido e tonturas, desconforto ou dor no peito, dentre outros.

     “Quando a pressão arterial fica descontrolada, o coração e as artérias são os mais afetados. Em longo prazo, outros órgãos, como o cérebro e os rins, também sofrem. A circulação prejudicada, o acúmulo de gorduras nos vasos (aterosclerose) e o excesso de trabalho do músculo cardíaco aumentam o risco de infarto do miocárdio e derrame cerebral, doenças que podem ser fatais, alerta o cardiologista Maurício Machado.

 Dicas simples fazem a diferença

      Segundo Machado, simples atividades do dia a dia colaboram para a prevenção e/ou controle da pressão arterial. “Diminuir a ingesta de sal, manter o peso adequado e fazer atividade física aeróbica regular (caminhada, dança, corrida leve, bicicleta, hidroginástica, etc.) são ótimos fatores protetores para o coração”, diz. “Não fumar, não ingerir bebidas alcoólicas em excesso e driblar o estresse e a insônia são atitudes bem-vindas que melhoram a saúde do corpo e do coração e diminuem o impacto da hipertensão arterial no organismo”.

 Seja o melhor amigo do seu corpo

      Manter um estilo de vida saudável é a melhor maneira de prevenir doenças. No caso da pressão arterial elevada, são válidas algumas atenções extras como aferir a pressão arterial frequentemente e, claro, conversar com seu médico.

Ultimas Notícias