Notícias

Já ouviu falar sobre aneurisma de aorta?

Muita gente já ouviu falar sobre o aneurisma de aorta, mas poucos sabem como ele acontece e quais são seus fatores de risco. Antes de mais nada é importante entender que a aorta é a maior artéria do corpo humano e tem a responsabilidade de transportar o sangue rico em oxigênio para todas as partes do organismo.

O aneurisma da aorta se caracteriza pela dilatação dessa condutora de sangue, que pode acabar se rompendo pelo seu enfraquecimento.

Para entender melhor como o aneurisma de aorta funciona, pense em um balão. Quanto mais cheio fica de ar mais as paredes ficam finas e maior é o risco de rompimento.

De acordo com o cardiologista Daniel Miquelin, o risco de sofrer esse tipo de lesão aumenta com o passar da idade, sendo mais comum em homens com mais de 65 anos. “O aneurisma pode ser classificado como torácico ou abdominal, dependendo da região em que há a dilatação da aorta”, explica o médico.

Geralmente o aneurisma da aorta não gera sintomas, sendo percebido apenas durante exames médicos de rotina. Por isso é tão importante consultar o cardiologista com frequência.

Fatores de risco

A idade superior a 65 anos é um dos fatores que podem contribuir com o aparecimento do aneurisma, mas outros também são levados em consideração pelos cardiologistas:

 – Hábito de Fumar,

– Hipertensão,

– Diabetes,

– Obesidade,

– Histórico de ataque cardíaco ou outros problemas cardíacos,

– Aterosclerose, que corresponde ao acúmulo de placas de gordura no interior da artéria aorta.

Tratamento

Ao verificar qual o melhor tratamento para o aneurisma da aorta o cardiologista observa os exames médicos, a idade do paciente, tamanho do aneurisma e a presença de outras doenças associadas.

Em alguns casos pode ser indicada a realização de um procedimento cirúrgico para reparação da aorta ou sua substituição por um enxerto feito com material sintético.

A prevenção é o melhor caminho

A melhor forma de reduzir as chances de um aneurisma de aorta é cuidar da saúde:

– Mantenha uma dieta saudável pobre em gordura saturada e rica em grãos integrais, frutas e legumes;

– Não fume;

– Faça atividade física com frequência;

– Reduza o estresse do dia a dia;

– Consulte seu cardiologista com frequência.

O diagnóstico precoce de qualquer doença, inclusive do aneurisma de aorta, é um importante instrumento para aumentar a possibilidade de tratamento e cura e para uma vida saudável.

Ultimas Notícias